Grécia

A Grécia é um país que mexe com o imaginário de muitos viajantes. E motivos não faltam: vilarejos charmosos, sítios arqueológicos, a deliciosa gastronomia mediterrânea e, claro, ilhas paradisíacas! São mais de três mil delas, sendo apenas 150 habitadas. De destinos agitados a lugares perfeitos para escapar das multidões. Classificada entre os lugares mais clássicos e chiques para uma viagem perfeita.

As Ilhas

São centenas e nenhum outro país europeu possui tantas assim. Icônicas e diversificadas, você poderá experimentar desde a tranquilidade de um lugar sem fluxo de veículos automotores, em Hydra, até os maiores agitos do verão europeu na badalada e cosmopolita Mykonos.

Usufruirá do charme de acomodações tradicionais com vista para o mar e seus indecifráveis tons de azul, ou da sofisticação e luxo das que hospedam, inclusive, membros da realeza, uma das regiões referenciais é Elounda, na ilha de Creta. Conhecerá praias com areia vulcânica em Santorini, contudo, se quiser algo mais exótico, pode incluir Milos e apreciar as praias cercadas por rochas brancas, que dão a impressão de um aspecto lunar. Já Navagio, em Zakynthos, é eleita entre as mais lindas do mundo.

Arqueologia

Com monumentos milenares que inspiraram a arquitetura ocidental, denotando a elegância dos gregos antigos, os sítios arqueológicos, são verdadeiras preciosidades ao ar livre. Dois dos mais visitados são a Acrópole de Atenas e Knossos(reconstruído com base nas escavações), na ilha de Creta.

Já o Templo de Hefesto, em Atenas, está na lista dos mais bem preservados. As ruínas do Templo de Poseidon, no Cabo Sounio, continuam impressionando, principalmente, durante o pôr do sol. Outra experiência inédita é assistir a um concerto ou festival nos teatros de Odeon de Herodes Ático na encosta da Acrópole e de Epidavros (famoso pela acústica perfeita), no Peloponeso.

Cultura

Não é de hoje que as tradições helênicas causam impacto e despertam curiosidade mundo afora, assunto este que até já inspirou livros e filmes(tipo a comédia romântica Casamento Grego), pois afinal, com um longo histórico de resistências aos invasores, foi preservando os costumes que eles conservaram as suas essências. E possuem comportamentos tão característicos que facilmente vão instigar o seu desejo de confirmar tudo isso, seja através dos acervos dos museus, ouvindo mitos e se indagando se realmente tudo aquilo existiu, participando de show folclórico ou até mesmo, fazendo a programação típica e descolada de frequentar uma cafeteria para tomar café e observar o movimento. Sem falar no registro do patriotismo notório que você encontrará através das inúmeras bandeiras expostas nos lugares turísticos, fora e dentro dos estabelecimentos e residências.

Culinária

Com especialidades regionais e sazonais, receitas transmitidas de geração para geração- algumas acrescidas com um toque moderno, baseadas em vegetais, carnes, peixes e frutos do mar (esses dois últimos, principalmente no verão) regados com muito azeite de oliva, facilmente farão você se render às cores vibrantes e combinações apetitosas dos cardápios gregos. Ao degustar, irá constatar que essa é uma parte inseparável das qualidades da Grécia. Também existe um rico consumo de salada, queijo, pão e frutas. Dentre as bebidas alcoólicas locais há destaque para os vinhos, ouzo e raki(tsikoudia).

Quando ir

A melhor época para viajar pra Grécia é durante o verão europeu. Mas ir na alta temporada (julho e agosto), por outro lado, reflete em preços mais altos e as ilhas ficam lotadas. Se for pensar apenas no clima, não tem jeito, esse é o período com menos chance de chuva e quando a água do mar fica mais quentinha e transparente.

Para quem quer fugir da de grandes aglomerações e dos preços mais altos, uma boa escolha na hora de decidir quando ir pra Grécia é viajar nos meses que beiram a alta estação. Maio, junho, setembro e outubro, apesar de haver alguma chance de chuva e de a água do mar estar um pouco mais fria, são boas pedidas. Afinal os dias são mais longos que no inverno, faz calor durante o dia, os estabelecimentos estão funcionando, boa parte dos ferries já opera nos mesmos horários do verão.