Egito

Tunísia

A Tunísia tem sítios arqueológicos importantes, lindas praias de mar verde-safira e um povo acolhedor: o estrangeiro não sofre o intenso assédio que ocorre no Marrocos. A infra-estrutura turística do país, por vezes precária, tem melhorado nos últimos anos. A Tunísia é bem servida de meios de transportes e o país pode ser percorrido facilmente de ônibus, trem ou carro, não sendo necessário pegar uma excursão.

Principais cidades e atrações para visitar na Tunísia

Tunis

A descontraída capital da Tunísia tem duas personalidades distintas. A cidade nova, criada por colonos franceses no século 19, é ordenada, com varandas de ferro forjado, cafés e confeitarias margeando avenidas com palmeiras.

Medina

O vasto labirinto de ruas e vielas é um tesouro nacional. É ondo se encontram inúmeros souqs que parecem cavernas e que vendem de tudo: de sapatos a cachimbos de narguilé, bem como cafés, artesãos trabalhando e áreas residenciais, pontuadas por grandes e brilhantemente portas pintadas

Museu Nacional do Bardo

O principal museu do país tem uma coleção magnífica e imperdível, oferecendo uma visão vibrante da antiga vida do norte da África.

Cartago

Este sítio púnico e romano fica a nordeste de Tunis e requer um imaginação, já que as ruínas são escassas e espalhadas por uma ampla área, mas elas incluem impressionantes banhos romanos, casas, cisternas, basílicas e ruas.

Hammamet

Uma das atrações turísticas mais populares na Tunísia é Hammamet, cidade que costumava ser uma vila de pescadores e que se reinventou para atrair visitantes, algo único no país.

Hammams

Uma experiência vigorosa e que deve ser tentada pelo menos uma vez é o hammam (banho turco) na Tunísia. As melhores e mais históricas casas de estão em Tunis, embora seja possível encontrá-los ao redor do país. Depois de um período na sauna, é usada uma luva grossa para remover a sujeira e a pele morta, com o tratamento podendo ser finalizado com uma massagem.

Talassoterapia

Do grego para “tratamento do mar”, a talassoterapia é uma variedade de terapias que utilizam a água do mar para relaxar, revitalizar e aliviar a dor, incluindo algas e tratamentos com jato de água.

Como ir

Pode-se chegar a Tunísia por qualquer companhia que voe para a Europa, fazendo conexão em Madri, Roma ou qualquer outra capital européia. Em todo caso, pesquise antes de comprar seu bilhete e veja um mapa para comparar as distâncias. Os períodos de alta e baixa estação nos vôos para a Tunísia correspondem aos europeus. Se você estive na Itália pode atravessar de ferry da Sicília para Tunis.

Quando ir

Evite o auge do verão (julho e agosto). Essa época só vale a pena para quem quer mergulhar ou ir à praia e não liga para multidões e calor excessivo. Primavera e outono são as estações ideais, embora o inverno também não seja muito rigoroso. As chuvas na Tunísia não chegam a incomodar em nenhuma estação do ano; pelo contrário, o clima é seco.